sexta-feira, 24 de julho de 2009

POEMAS ESCRITOS PELA GIOVANA VALIATI

Os poemas abaixo foram escritos pela super-loira GIOVANA VALIATI TEIXEIRA (do Anchieta; que foi até citada em Depoimentos do Orkut e Dia Perfeito), chamados “Único” e “Aprendizagens da Vida”. Pois é, eu morria e não sabia que ela escrevia poesia – achei num link que ela colocou no profile dela do Orkut.
É, sim: ela ME MATA se ver os poemas dela postados aqui!
... como se eu me importasse...

Enjoy the poems!



ÚNICO
O que faço se tudo me faz lembrar você?
O que faço se não consigo te esquecer?
Sei lá, é tão difícil de explicar essa sensação que dá,
É tão louca que até paro de pensar.
Dizer que você me conquistou é pouco.
Tudo que dissesse e pensasse
Seria pouco para expressar o que sinto por você.
Você não tem noção do que sinto
E nem sei se um dia chegará a ter.
Você talvez pense que seja alguma coisa infantil,
Alguma coisa passageira, que não seja assim tão verdadeira.
Mas a verdade é que meus sentimentos são todas as forças
Que eu poderia dedicar a alguém.
Talvez seja exagero.
Mas o que fazer quando se ama alguém?
É vou usar essa palavra: AMOR.
Talvez eu o ame.
Talvez o que sinta seja forte o bastante para se chamar amor.
Se for, saberei que serei infeliz para sempre,
Pois AMOR só há um.
E se ele for meu AMOR
Ele será ÚNICO em minha vida.
:: não consta data de quando foi escrito ::



APRENDIZADOS DA VIDA
Sinto um vazio
Acho que é falta de alguma coisa
Acho que é falta de você.
É uma coisa tão ruim
Não poder ter você aqui
Aqui pertinho de mim.
Para poder te tocar,
Beijar-te,
Sentir-te.
Sentir que você me ama
Do mesmo jeito que eu.
Sei que é só sonho
Pensar que você pode me amar,
Pensar que a felicidade é possível
E ao seu lado estar.
Se o amor é possível
Queria que você fosse possível para mim.
Se a felicidade existe
Queria existir para você.
Queria ser sua felicidade,
Ser algo mais do que só amizade.
É inevitável,
O amor vem para uns
E para outros não.
Nem sempre quem a gente gosta,
Gosta também da gente.
Por isso precisamos aprender
Que a vida é assim.
Que assim é a vida.
É um constante aprendizado.
Que viemos aqui para aprender.
Lutar pelo que se quer sim,
Até o fim.
Mas também devemos reconhecer
Quando perdemos a luta,
Seguir de cabeça erguida
Tentando recomeçar a vida.
:: escrito em 23 de dezembro de 2003 ::






‘til the fuckin breakin new post!!!!

3 comentários:

  1. Oi querido amigo, me senti na obrigação em esclareçer que eu nunca escrevi poema algum.
    E não, eu n te mataria se tivesse sido eu, teria orgulho, mas n posso roubar a autoria de outra pessoa. vc é 10 abraços.

    GIOVANA VALIATI TEIXEIRA

    ResponderExcluir
  2. na verdade esses são escritos antigos meus. =]
    Giovana do Nascimento Valiati

    beijos

    ResponderExcluir
  3. olá querido.. não entendi a arrogância de teu comentário... até pq logo acima a própria giovana que vc se refere disse que não escreveu os escritos de teu post.

    eu só quiz esclarecer então informando a REAL AUTORIA dos poemas.
    acho que fui educada no comentário e não faltei com respeito a ninguém.

    bom é isso
    obrigada pela atenção

    ResponderExcluir

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!