sexta-feira, 7 de agosto de 2009

CANÇÃO PARA LUCIANA

“Foi numa mesa de bar que a conheci
Bem no meio do saloon me apaixonei
E logo na manhã seguinte eu descobri
Com ela eu não consigo mais viver dentro da lei”
– Matanza, “Mesa de Salooon”, do álbum Santa Madre Cassino, de 2001

poemas incompletos pra minha garota, LUCIANA SILVEIRA DUARTE (a guria da foto abaixo, que eu citei em Dia da Luciana!)
espero que ela goste!




[sem título]
[falta terminar]
Me faça
Me faça ter orgulho de
de ter escolhido de ter você como
como minha garota.
Que eu faça
Que eu faça você ter orgulho de
de ter me escolhido como
como seu namorado.
É incrível como as coisas chegam onde chegam
como as pessoas se conhecem
e como se tornam o que se tornam.
É incrível como as coisas nem sempre fazem sentido
e então chega o momento
de que tudo faz todo o sentido.
Iniciar novamente o sistema...!
Emergir até a estratosfera...!
Eu fico em órbita
Eu entro em órbita toda vez que você me vem à mente.
Ah, isso não é ruim
Mas é uma pena que não podemos caminhar somente nós dois em solo lunar.
:: do 1º ao 14º verso = escrito em 04 de agosto de 2009, aula de Latim 1 ::
:: do 15º ao 22º verso = escrito em 05 de agosto de 2009, aula de Teoria e Técnica da Tradução e da Interpretação 2 ::


[sem título]
[falta terminar]
Sinto Sua Falta
mesmo só tendo te beijado uma só tarde
e tendo te olhada no fundo dos olhos só uma vez
e tendo suas mãos nas minhas em menos de um dia
tal como seus lábios estiveram nos meus.
Sinto Sua Falta
quando vejo suas fotos
ao lembrar de sua voz
quando você me vem à mente.
Sinto MAIS AINDA Sua Falta
ao lembrar que o telefone aqui de casa atualmente só está servindo de enfeite e item decorativo
ao ver você vindo em minha direção e sumindo
quando sento na minha cama e você não está ao meu lado
só de pensar
só de pensar que, possivelmente, não poderei mais te ver.
:: escrito hoje de manhã ::











feliz aniversário pro meu amigo e também orgulhosamente um Nerd Roney Gomes, vulgo Trilha-de-Sangue, pra quem dediquei a postagem Bad Religion – All Ages – 1995, de junho deste ano.
(post feito ao som do álbum V, de 1991, da Legião Urbana, que está disponível pra download em Ouça Sem Moderção - Parte Um)

Um comentário:

  1. Valeu Garou, muito obrigado mesmo!

    Felicidades aí com a garota, segue aqui o link do meu outro blog que estou tocando agora: www.umbravirtual.blogspot.com

    Adiciona aí na lista do lado.

    Abraços Garou!

    ResponderExcluir

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!