terça-feira, 1 de setembro de 2009

FRAU GAROU GEBURSTAG - version 2009

“Ter olhos e não ver, coração e não sentir o que sozinho você me faz. (...) Olha a tristeza que você me traz. Por onde começar? É hora de a alma vagar… por onde devo começar? Vejo tudo congelar, você e eu embaixo dessa chuva, você e eu sozinhos aqui... ter pernas e não andar, ter boca e não beijar, quanta falta você me faz… ter ouvidos e não escutar cada palavra que tinha pra falar.”
– Dead Fish, “Iceberg”, do álbum Afasia, de 2001

Só pra variar, o (resto) de domingo na casa do Breno (Muinhos), jogando RPG, foi do caralho! Mas, apesar dele e do Burns estarem lá (e somente eles, o resto do pessoal fez o favor de não ir – bando de felas das putaaaaaa!), a melhor coisa ainda foi ver a Luciana (Silveira Duarte).
Começou hoje de manhã o segundo semestre do curso na UFPA. De cara, tal como no primeiro semestre (ver Das Ersten Tag) não teve a primeira aula (Língua Estrangeira Instrumental: Língua Inglesa) – e nem a última (Panorama da Literatura em Língua Portuguesa). Só Frau Steffen que apareceu mesmo pra dar uma prévia do que será a disciplina que ela ministrará durante este período, ou seja, Compreensão e Produção em Alemão II (a aula não foi de todo ruim, uma vez que fiz quase terminei um poema – pra Luciana, só pra variar – de uma vez só durante o falatório-não-embromatório dela). A verdade é que não foi foda acordar ás cinco da matina pra ir pra Federalfoi chegar lá e não ter os caralhos das aulas!
Tsc. Triste.

Mas a melhor coisa do dia ainda foi a comemoração do aniversário da Marília Fernanda Pereira de Freitas (pro qual matei aula de Língua Portuguesa 2 pra poder ir). Com óbvia exceção de mim e da Tayanna (prima dela que também estudou comigo no Anchieta), o pessoal da Velha Guarda Anchietana, só pra variar, fez o favor de não aparecer por lá. Mas, pra compensar, ela e o Betão (marido dela) estavam lá, me trataram superbem, Frau Cohen (mãe da aniversariante) idem, além da comida estar não-menos-do-que-excelente também (só pra variar! todo aniversário dela que eu vou a comida nunca deixa a desejar).

‘Tô quebrado! Acabei de chegar do aniversário da Marília e amanhã ainda tem aula na UFPA e na FIBRA! Recomeça o Massacre ao Mala (he, he, he).


Se fosse fácil não ia ter graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!