quinta-feira, 8 de julho de 2010

APESAR DE QUASE NÃO......

Está quente, está chovendo, E eu devia estar dormindo a uma hora dessas, já que são praticamente quatro da tarde.

E eu não tenho palavras suficientes e decentes para descrever o quanto estou indescritivelmente FRUSTRADO por não poder ir ao Encontro Nacional de Estudantes de Letras deste ano.
Se é por falta de grana? É, justamente. Aconteceram umas cagadas overthrasherviolence esse ano que justamente me impedem de ir, além da boa e velha falta de planejamento prévio. Isso sem contar que a organizção do evento também não colaborou em muita coisa, uma vez que só avisou dos trabalhos que seriam apresentados praticamente uma semana e meia ANTES do evento em si (todavia, caso eu tivesse me programado financeiramente antes, esse prolema seria facilmente contornável sem maiores problemas).

Ano passado, eu nem esquentei minha cabeça de não ter ido. Ainda mais que tenho um interesse próximo a ZERO de conhecer a capital fluminense. Eu só lamentei de não poder ir ao de 2008, já que foi em BELÉM e eu não havia passado (no vestibular deste ano). É como se a festa fosse na rua da minha casa e eu não tivesse o ingresso pra poder entrar na mesma. Só espero que, ano que vem, o ENEL seja em uma capital não somente próxima a Belém (Manaus obviamente exclusa), mas também não lá no final do planeta (creio que em Curitiba não será, uma vez que o de 2007 foi lá [e eu também tava pouco me lixando pra este; 1: por não saber que existia; 2: por estar me divertindo bastante em Marabá, enquanto ainda trampava na Construfox]), como Porto Alegre ou mesmo Florianópolis. Mas como não estou em posição de escolher este tipo de coisa...
Agora o que me resta...? Juntar com o Taílson e com a Cass (where fuck is Miaka-chan?) e adiantar nosso trabalho para a SEMAL e para o Fórum de Línguas Estrangeiras deste ano.
E além disso... Ainda tenho minha Mãe, para sempre me dizer/afirmar/confirmar que amanhã é sempre outro dia e que será melhor do que hoje; meus Amigos, que não permitem que eu caia em absoluta solidão e tristeza; minha Irmã, para provar que é sempre possível lutar pelo dia seguinte; livros e quadrinhos, para me manterem sempre absorto e nunca vazio. O que mais um Lobo como eu poderia querer além disso? (Agora algum filho-da-puta chega e diz: “ir pro ENEL deste ano!”)

Amanhã ficarei menos frustrado do que hoje. Que assim seja e assim será...!





E o que mais dizer além de: “Que a Força esteja com vocês, caras!”?

Que a Força esteja com vocês, caras!

“Apesar de quase não aceitar...”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!