segunda-feira, 13 de setembro de 2010

DIA D DO RPG 2010: RESUMO DA ÓPERA!

ILC, LabInfo

Com exceção de não ter visto my new investiment este fim-de-semana, eu simplesmente não podia querer mais do mesmo.

DIA D DO RPG 2010 – BELÉM DO PARÁ – ALDEIA CABANA!
Sábado – 11 de Setembro de 2010.
Depois de ajudar mamãe a preparar a marmita-minha-de-cada-evento-de-RPG, me arrumar e ir pra parada esperar (que nem uma vagabunda de quinta) o buzão, deu pra ir pro evento. [E a viagem só compensou porque fui conversando com a guria que, MUITO PROVAVELMENTE, sei lá, será my new investiment (ainda mais que ela é totalmente do jeito que eu gosto, total grandona, da minha altura e com a palavra NERD piscando na testa dela)].
Ainda não eram nem nove e meia da matina e fui um dos primeiros a chegar e conseqüentemente ajudar Chuva-Vermelha-yuf e esposa (i.e.: Nassandra) a arrumar as coisas pra presepada.
Meeeeeeeeeeeeeeeeeeermããããããããããããããããããão, tem gente que eu só vejo estes dias mesmo, mas nem por isso a coisa foi menos caralhosamente e fodásticamente FIRME! Tiveram umas putas que não foram (que saberão quem são quando lerem isso aqui!), mas deixa quieto (vocês têm mais é que morrer, seus merdas!), mas as que foram salvaram o dia, fora que ainda conheci uns players/narradores novos....... O mais foda é teve mesa de um monte de sistema, desde D&D antigo até Mutantes & Malfeitores e o novo Mundo das Trevas.
Eu? Eu não narrei nada além duma “mesita” de Mortais, pra Vampiro: A Máscara, onde os PC eram eles mesmos, com tudo o que sabiam sobre o Mundo das Trevas. Até que foi bem legal, diga-se logo. Jogadores: Ehtero, Guga Claude e Willy (não o Frodo citado em Domingo!).
De tarde, depois do almoço (narrar e almoçar ao mesmo tempo é uma experiência nova pra mim, há, há, há), depois de bestar um bom tempo e alguns cigarros e ficar falando um monte de bobagens úteis ao meu meio, fui pruma mesa só de Brujah (pensa!) narrada pelo Felipe (do Projeto Augúrio – tem uma foto dele em Dia Perfeito).
Meu PC: Coco Bongo Joe (duas referências: ao filme Joe Sujo, de 2001, com David Spade e Christoper Walken; e ao Coco Bongo, salão de festas freqüentado pelo Máskara [sim, o do desenho animado do SBT que, a priori, era personagem de HQ’s, da Dark Horse, a mesma do Concreto e a do Hellboy e atual detentora dos direitos do Conan]). Força 5, Destreza 3, Vigor 3, Carisma 2, Manipulação 1, Aparência CINCO, Percepção 2, Inteligência 1, Raciocínio 3 (ora, pro teste de Iniciativa, né? Destreza + Raciocínio!). É, foi legal. Oito (!!!!!!!!) Brujah na mesma mesa e eu catei todas as mulheres que passaram na mesa, fato que deixou todo mundo puto. Começando pelo narrador. Há, há, há.
Mas o dia valeu ainda mais porque deu pra atualizar a conversa com a galera (Chuva-Vermelha-de-Sangue, Trilha-de-Sangue, Felipe, Ehtero e Gustavo), fato que SEMPRE me deixa über-feliz-para-caralho.
Eu cheguei quebrado em casa, mas valeu o dia.


Domingo – 12 de setembro de 2010.
Mesma coisa do dia anterior. Mesma diversão do dia anterior. Mesma putada totalmente excelente do dia anterior. Mais algumas caras novas, as mesmas risadas de sempre.
A cagada overpowerthrasherviolence foi que rolou uma carreata do fudido do GANZER bem na Aldeia, tocando um som infernal dos diabos, uma vez que todos os trios elétricos que ele deu a bunda pra arrumar foram lá concentrados. Se eu me valer do adjetivo “insuportável” para definir a barulheira, ainda será uma coisa amena...... Foi tenso pra caralho, ainda mais porque eles queriam nos esquartejar por protestar contra o barulho por eles provocado. A maior das ironias: nós tínhamos autorização para estar lá, eles não. Tinha até um vagabundo da UFPa lá (sim, Rubem, estou falando de você – amigos, amigos, tocar o terror com este tipo de situação à parte) na organização da balbúrdia. Você vai pagar por isso, cara. Acredite, não vamos deixar barato.
Quando a comitiva from hell finalmente picou a mula de lá (mas, volta e meia, eles passaram lá pra verificar “se ainda estávamos por lá” – algo tenso, diga-se logo), finalmente pudemos “cair na farra”.
Era pr’eu narrar Vikings em GURPS, mas não rolou (ainda bem, uhu), ia demorar muito pra fazer PC. Então o Trilha-de-Sangue decidiu narrar uma coisa bem doida pra mim, pro Felipe (do Augúrio, que também ‘tava no di’anterior), pro Claude e pro Fernando. Não foi ruim, mas deu pra salvar o dia (risos). E o melhor: o Sonho-Desperto e o Morte-Pela-Cirrose (cujo aniversário foi comentado em Vitórias Pela Metade Não Deixam de Ser Vitórias [2]) apareceram por lá e ainda jogaram na mesma mesa de Mundo das Trevas (desculpa, Ehtero, ‘cê é muito meu brother, mas tu cagaste a mesma que eles tiveram que se virar valendo pra salvar!), o que foi FIRME!
Hum, pois é. Teve um live action de Garou também, com uma penca de vadios, eu incluso. Apesar do Felipe, junto com o Sonho-Desperto e o Chuva-Vermelha, ser simplesmente o melhor narrador que eu conheço de Garou, ele não pôde desenvolver uma coisa mais comprida justamente por causa do horário em que o live começou. Mas deu pra curtir legal, se deu.

Balanço dos dias: foi MUITO MELHOR do que no ano passado (ver comentários do dia um aqui e do dia dois aqui), mesmo sendo no mesmo local.
Chuva-Vermelha-de-Sangue e Nassandra: VALEU PELA PRÉ!


Ao sair da AC (Aldeia Cabana), pensa na tropa que foi PERNANDO de lá pra PRAÇA DA REPÚBLICA falando merda, bebendo, tomando cachaça e lembrando música de desenho, pagode, bregoso, essas porras todas. O bom é que conversando com dois negos (Jailson e outro-cujo-nome-não-lembro-agora-que-me-apresentou-uma-banda-de-metal-muito-da-sua-firme), acabei chegando/corroborando uma conclusão a qual havia chego alguns dias antes, fazendo meu trabalho de Culturas Germânicas (o qual muito provavelmente farei uma sessão temática p’ra SEMAL deste ano, sei lá, ainda ‘tô estudando essa possibilidade-ainda-remota). Foi tenso, mas, como em *frustração e medo*, foi recompensador e libertador saber que não sinto/penso sozinho as mesmas coisas e que as vejo/entendo. Foi do caralho, sabe? Ainda mais que, não obstante isso, vi/encontrei alguns outros vagabundos de outros tempos e lugares lá também.
Thanks for saved my Day!


O bom é que consegui chegar em casa cedo, dormir cedo e acordar cedo e chegar aqui na uni cedo, não me atrasado pra aula!



Oooooooooooooooooooopa!
Seis e meia da tarde! Deixa eu ir pra aula senão a Paumgartten arranca meu coro!


bis zu dem fucking breaking new Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!