sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

EU DEVIA TER FICADO EM CASA.......!

São praticamente dez da noite e eu ‘tô cansado pra caralho porque, pelo visto, sair de casa não me serivu de muita coisa além de levar umas caneladas federais. COM EXCEÇÃO da árvore que a mãe da Maga-chan quebrou pra mim, foi tudo uma tremenda cagada.

Após uma chuva enviada diretamente por Tupã em dia de tremendo mau-humor do mesmo, fui ao maldito Pátio Belém (uma merda, mal começo o ano e já tenho que ir a essa extensão de Malfeas) pagar pela segunda parte da minha alma. Chegando la, todo feliz, NÃO ERA O VALOR COM QUE EU ESTAVA EM MÃOS – ERA OUTRO COM QUASE OITO REAIS A MAIS!!!! Ou seja, o bando de filhos da puta do cartão de crédito me trollou muito bacana! Imaginem minha cara de bunda quando, depois de quase uma hora na fila, a mulher me solta esta pérola! Imaginem minha cara de bunda quando eu ligo pro Serviço de Atendimento (lá mesmo da loja) e tenho que renegociar esta mierda dos infernos para não rolar quebra de contrato e meu nome ir parar de vez no caralho do SERASA (seja lá que porra for essa, mas que todo mundo que conheço que tem cartão de crédito se caga inteiro de medo de ouvir falar). Eu comecei este ano com o pé esquerdo mesmo e como se meus dois pés fossem esquerdos. Só pode.

Na UFPA pra entregar os livros: eu ia renovar o Curso..., do Borges. Lá estava eu, na fila, já tilintando de puto da vida com o maldito cartão – pensem n’uma fila filha da puta! Não ‘tava dando voltas, mas ‘tava quase curvando. E eis que a [/content censored/] do atendimento deu uma saída ao banheiro. E a gente (neste contexto, “gente” é uma referência a mim E a pessoas que provavelmente quase que indubitavelmente nunca mais verei em vida, tal como a maioria das pessoas que vejo lá na BC e no RU) lá, esperando. Depois dum bom tempo, lá vem a [/content censored/], toda sorridente, dizendo que não podia mais atender ninguém porque seu expediente tinha terminado. Ou seja, a gente que se fodesse e ficasse com nome sujo na BC por livro não devolvido. É uma caralheira dos infernos mesmo. Coisas que você só vê acontecer na Universidade Federal do Pará.

“FELIZ ANIVERSÁRIO!!!” e “MUITAS FARRAS NA VIDA!!!” para minha Irmã Anchietana RAFAELA GURJÃO (parace que vai casar ou já casou, sei lá – parabénes assim mesmo!), para meu Irmão CEFETeano ADRIANO “MASTER FYODA”, para o FABRÍCIO MENDES (que tem a maior cara do pau do mundo de dizer que universitário não toma cachaça só porque é universitário – você pode ir tomar no cu para todo o sempre e além por isso, antes que eu me esqueça) e para meu Irmão-de-Copo TARCÍSIO LOBO!!!!

(cadê coragem pra terminar de arrumar meu novo quarto?!?!?!?)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!