domingo, 20 de fevereiro de 2011

E ontem choveu muito. Não choveu nem pra caralho. O correto seria dizer CHOVEU-PARA-CARALHO-!-!-!

Ouvindo: Crosby, Still, Nash & Young, Four Way Street, de 1971, e Buffalo Springfield, Last Time Around, de 1973.

E ontem choveu muito. Não choveu nem pra caralho. O correto seria dizer CHOVEU-PARA-CARALHO-!-!-!
Eu ia até dormir na casa da vovó, mas acabou não rolando. Eu fiquei na uni bebendo (alcoólatra é uma coisa triste, vai comprar o kit até mesmo debaixo de chuva torrencial) com o pessoal (Muitas-Garras, Thiago, Robson e Aline, Alan e Amanda, Carlos) e ouvindo o bom e velho e sempre bem-vindo rock and roll, acabei perdendo a hora de voltar pra casa.

Como essa semana (não sei a porra do dia) teve o aniversário da Amanda (namorada do Alan lá da CEG, volta e meia eu falo desse vagabundo por aqui) e acabou não tendo nada no dia, a bagaceira dos infernos bebemoração ia rolar na casa do Charles (sim, onde rolou o já citado aniversário do Alan – maiores detalhes no 6º parágrafo de Voltando do Buraco [4]). Mas como a mãe do dito cujo está passando uma temporada por lá, o planou tornou-se irmos como uma Matilha em peso ao maldito Mormaço (onde rolou o show do Matanza em Belém em 2007, logo no dia do aniversário da mamãe e na semana seguinte que eu voltei da Constufox), uma casa que rola só REGGAE. Eu fiquei com os DOIS pés atrás, uma vez que, mais do que definitivamente, eu não curto reggae. “Caralho”, pensei, “tem que ter um jeito de sair dessa. Eu curto pra caralho minha nova Padawan, mas tenho que dar um jeito de sair dessa!”. Como choveu pra porra, foi a salvação (fyrirgefðu*, Amanda!).
Mas, pensa só: ir pra um lugar que fica NA CASA DO CARALHO embaixo de chuva, onde SÓ TOCA MÚSICA QUE EU NÃO CURTO e, de quebra, AMANHECER NA SARJETA! Eitt hundrað afsakið**, Amanda, mas nem pelo caralho que eu ia fazer isso.....! Essa minha fase grindcore já passou faz uma cara.

Foi TENSO PARA CARALHO voltar pra casa. Quase que não consigo chegar aqui. Ainda dei uma parada na casa do Albert porque ‘tava muito frio e eu não ‘tava me agüentando. Fiquei tão mega fudido que nem liguei a porra do PC quando cheguei.


Ah, e tem a grande e excelente nova do dia:
Semana que vem, vai rolar o Encontro Paraense de Vagabundos Alcoóla..... Estudantes de Letras de 2011, no município de Bragança (sei lá onde fica, sei que fica a 4h de viagem de Belém). E, hell yeah e hell yeah ‘til die from now on, o mesmo minicurso que apresentei ano passado com Tailson e Aline FOI APROVADO PARA SER APRESENTADO LÁ! UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHU!!!!!!
(Poizé, por causa da cagada narrada em AS PIORES VERDADES DO UNIVERSO (que eu descubro sempre da pior maneira) e por outros motivos, Uslar-chan foi [auto]limada do time. Mas, em compensação, o Jean Kleyton Ferreira Coutinho [o terceiro elemento do trabalho comentado em E hoje enfim acabou a PLE......]) pra assumir o cargo. E a coisa vai ser muito da sua foda, ‘inda mais qu’ele é um nerd cabeçudo escroto tal qual eu e Tail...!)

Zeit zu zerstören Bragança, Männer und Frauen.......!



Gaia que me defenda de minha própria preguiça – vou voltar a dormir......!

*fyrirgefðu = “desculpe-me”, “me desculpe” (o famoso “foi mal!”) em ISLANDÊS!
**Eitt hundrað afsakið = “mil desculpas”, em islandês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!