terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

GRANDE DIA.................!

Ouvindo: Buffalo Springfield, Buffalo Springfield, de 1967, e Neil Young and the Crazy Horse, Sleeps with Angels, de 1994.


“É sangue mesmo, não é mertiolate”.
E todos querem ver e comentar a novidade.
“É tão emocionante um acidente de verdade”.
Estão todos satisfeitos com o sucesso do desastre:
Vai passar na televisão.

Por gentileza, aguarde um momento.
Sem carteirinha, não tem atendimento –
Carteira de trabalho assinada, sim senhor.
Olha o tumulto: façam fila por favor.
Todos com a documentação.
Quem não tem senha, não tem lugar marcado.
Eu sinto muito, mas já passa do horário.
Entendo seu problema mas não posso resolver:
É contra o regulamento, está bem aqui, pode ver.
Ordens são ordens.”
– Legião Urbana, “Metrópole”, do álbum Dois, de 1986

Meu final de semana não foi ruim. Sério. Me foi bem rentável até. Sábado passei quase o dia todo deitado (“Sometimes, it’s never a crime to spend the day in bed”*), ontem fui ver o Marley e ficamos jogando dama e dominó. Falei com o Canção-da-Amargura. Não briguei com mamãe. Lavei cuecas e meias (as [meias] que usei sexta-feira ficaram praticamente imprestáveis. vou levar só um par pra Bragança mesmo e olhe lá e que se foda, quando voltar, eu lavo).
Mas segunda-feira é que é o negócio valendo mesmo.

Antes de ir à casa do Tail, o pessoal da CELPA varou aqui em casa pra ver se a conta da energia ‘tava em dia. Estar, está. Mas como eu ‘tava sem o comprovante em mãos, corta a energia. Fiquei feliz cum isso pra num dizer o contrário...........................
Na casa do Tail: até proseamos sobre muitas coisas do trabalho, mas como tive que levar umas coisas pra mamãe ao trabalho dela (que ela havia esquecido), acabamos não rendendo porra nenhuma do mesmo. Nada demais.
Nesta viagem ao trabalho da mamãe, é que as coisas começaram a ficar escrotas.

Ele (Tail) pediu pr’eu pagar uma conta pra ele. O.k. eu tive que pagar minha inscrição no EPEL. O.k. [2]. É, foda-se, como o banco mais próximo era a Caixa Econômica, lá fui eu pra lá. FOI UM CARALHO TER QUE ESPERAR SER ATENDIDO! Se uns tiozão muitíssimos dos seus encaralhados não tocassem o terror psicológico, juro por Gaia que não ia sair de lá hoje. Cheguei lá UMA E QUARENTA e sai praticamente TRÊS E MEIA. Grande lei do caralho de ser atendido em, no máximo, VINTE MINUTOS! Grande lei do caralho que não serve pra porra nenhuma. Se os caras não tivessem tocado o terror, não ia aparecer caixa suficiente pr’atender o pessoal. Foi uma merda escrota para caralho mesmo. E ainda tem gente que pergunta porque brasileiro não gosta de ir ao banco............................

É, SEM ALMOÇAR, sem nem mesmo comer um completo daqueles poderosos, lá fui eu pegar meu telefone celular na AT (mais detalhes da presepada em Oeeeeeee, Fudeu [3], do dia 02 do mês corrente). Mesma merda, mesma presepada from hell pra encher o saco das pessoas que estavam esperando para serem atendidas. Mais um tiozão muitíssimo do seu encaralhado que tocou o *foda-se mode on turbo*, fazendo o serviço correr mais rápido.
Doch, eu peguei o aparelho. Tive que chegar em casa pra poder colocar o chip. Tsc, uma merda ter que refazer a agenda de telefones, mas não foi nem isso que deu raiva.
DEU FOI É ÓDIO MORTAL DESSE BANDO DE CORNOS MAL-CHIFRADOS DA AT FOI PLUGAR O CEL NO COMPUTADOR E PERCEBER QUE ESSE PESSOAL TIROU A PORRA DO CARTÃO DE MEMÓRIA QUE VEIO COM O APARELHO E NÃO COLOCOU DE VOLTA!!!!

Eu mereço......................................................................................




“FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!” e “FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!” para minha Irmã Anchietana que não vejo faz mais de seis meses: CARLA CRISTINA SARAIVA DA SILVA!!!


* Bad Religion, “Boot Stamping On A Human Face Forever”, The Empire Strikes First, 2004.

Um comentário:

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!