sexta-feira, 18 de março de 2011

MAIS PERDIDOS ENCONTRADOS.............!

Achei este poema dentro do caderno que uso pro curso livre (primeira aula amanhã!). Sim, eu nem lembrava mais dele. É de FEVEREIRO DO ANO PASSADO. Como fazia uma cara que não postava nenhum poema completo aqui então...... Espero que vocês gostem!


[sem título]
LÁ, lá vamos nós de novo, vamos nos despedir de novo:
Sem olhares vazios...
Sem abraços sem sentido...
Sem sorrisos sem significado...
Lá, lá vamos nós
Viver as nossas vidas e indo cada um para seu lado:
Sem mais raiva...
Sem mais sofrimento...
Sem mais tristeza...
E os meus dedos despedaçados voltam a se recompor
E estarem como antes
De você aparecer e levantar vôo embora
Por escolha minha de abrir as mãos.
Agora, agora você vai cantar “bem-te-vi”, “bem-te-vi”
Em outro pomar
Enquanto outros rouxinóis vêm cantar para mim
E eu fecho os olhos
E só consigo escutar a sua melodia.
Quando chover, você lembrará de mim
Como eu lembro de você
Ao fazer sol e ao final de cada entardecer?
E nós, e nós nos despedimos outra vez
Desta vez...
Agora sem mais o mesmo carinho de antes...
O mesmo respeito...
Mas ainda querendo te beijar
Me controlando para não faze-lo...!
E, a partir de agora e de então,
Seremos especiais
Um para o outro
Mesmo
Mesmo que outros pássaros cantores
Estiverem cantando somente
Somente
somente aos nossos ouvidos

:: 02 de fevereiro de 2011 ::
:: para Luciana Silveira Duarte ::

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!