sexta-feira, 29 de abril de 2011

[mais um ] POEMA [por enquanto, incompleto!] ESCRITO NA HORA DA AULA

[sem título]
[falta terminar]

ATÉ quando eu me perguntarei se Você vai voltar ou não?
Todo dia me apaixono por uma bela diferente
Mas quando elas vão embora, é Você que continua aqui...!
Eu não estou mais com ela
Somente com as lembranças das anteriores
Algumas vezes são suficientes... Outras não...
E eu seria tão feliz se estivesse com Você aqui de novo
Mesmo tentando me mudar, e não querendo ouvir minhas canções.
Oh... Onde estás no céu, que eu não consigo ver sua nuvem?
Oh, onde está Seu sorriso, que não consigo ver como uma estrela?
Eu a deixei porque não conseguia mais vê-la e lembrar o quanto Te Gosto e o quanto Te quero
Não somente, também porque não conseguia mais me ver em um espelho...!
Apesar de todos os pesares, eu amo estar com Você...!
Apesar do mundo cair e de não haverem luzes acesas ao meu redor
É ao Seu lado que quero estar...!
E elas continuam lindas e para o inferno com todas elas!
Pois ver Seus olhos atrás de óculos
E beijar Sua boca com um aparelho dentário
E ter meus braços ao redor de Seu corpo externamente arredondado e Sua cabeça em meus ombros, enquanto estamos em silêncio – isto é tudo, eu acredito, que nos faça muito bem.

:: 29 de abril de 2011 ::
:: aula de Oficina de Produção e Compreensão Oral em Alemão, Prof. Esp. Patrícia Möller-Steffen ::
:: poema originalmente escrito em alemão ::

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!