quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

[mais um] POEMA ESCRITO NA HORA DA AULA!

VELOCIDADE E PESO E ACELERAÇÃO
TODOS somos crentes
Que a humanidade não tem salvação
Dançando na rave
Antes da inegável auto-destruição.
Porque, na verdade, não passamos de um imenso caso perdido
Se você for parar e prestar bastante atenção
Vai enfim perceber que, na realidade, 'tá todo mundo fudido.
Eu, por exemplo, ainda não sei o que quero, só o que não vou fazer
Mas, na verdade, não tenho mais tempo e não posso me dar o luxo pra prar pra escolher!
O caso não é falta de perspectiva:
O caos se baseia do fato em não saber o que quero da vida!
E então me descubro como um motor
Movido a frustração, raiva, desespero e amor
Funcionando sem parar
Trabalhando sem parar
Sendo alimentado imediatamente
Diariamente, Incessantemente, Continuamente
Funcionando sem parar
Trabalhando sem parar!
Usina de energia movida a saudade, arrependimento e pesar
Sentimentos destruidores que fazem o mundo funcionar
FUNCIONAR!

:: 18 de dezembro de 2012 ::
:: Ensino e Aprendizagem de Língua Alemã II, Profª. Patrícia Moeller-Steffen ::

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!