terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

[mais uma] VITÓRIA DS LOBOS!!!!

Ouvindo: Green Day, American Idiot, 2004

Eu nem ia postar nada aqui tão cedo, mas como o Lucão me deu o toque dum evento lá em Mnas Gerais (“oh, Minas Gerais...!”), decidi mandar o resumo do meu TCC. E olha só...

O TRABALHO PASSOU!!!!!

IV SELL – UFTM*
SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS LINGUÍSTICOS E LITERÁRIOS
ENSINO E PESQUISA: O DIÁLOGO DAS LINGUAGENS

site oficial do evento: http://sell.letras.uftm.edu.br/

 
Eis o print da carta-aceite!
 
 
E eis o resumo do trabalho!
 
A RECEPÇÃO DA CORRIDA ARMAMENTISTA PELAS NARRATIVAS EM ARTE SEQUENCIAL ATRAVÉS DE METAL GEAR SOLID

Rafael Alexandrino Malafaia (UFPA)
rafael_garou@yahoo.com.br

A presente comunicação é referente ao Trabalho de Conclusão de Curso homônimo que objetiva apresentar o processo de recepção das contribuições de cunho científico e tecnológico desenvolvidas e utilizadas pelos militares durante o período histórico conhecido como “Corrida Armamentista” – contido no imaginário conhecido como A Guerra Fria, cujos principais personagens foram os Estados Unidos da América (ainda hegemônicos econômica e militarmente) e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (atualmente conhecida como Federação da Rússia) e perdurou de 1947 a 1991 –, por meio das produções artísticas denominadas Narrativas em Arte Sequencial, popularmente conhecidas como “Histórias em Quadrinhos”. O objeto escolhido, para tanto, é a série de histórias em quadrinhos Metal Gear Solid, de 2004, cujo roteiro do estadunidense Kris Oprisko e arte do australiano Ashley Wood tem como base o jogo eletrônico homônimo de 1998 pertencente à série Metal Gear, idealizada, escrita e dirigida pelo designer japonês de jogos eletrônicos Hideo Kojima. Para isso, enfatiza-se o conceito de Narrativa em Arte Sequencial, termo cunhado por Will Eisner (1985); o debate levantado por Moacy Cirne (1970) sobre a concepção estético-literária de tais narrativas e o papel ideológico que este gênero exerce na sociedade contemporânea; questões histórico-sociais demarcadas por Álvaro de Moya (1970) no tocante às histórias em quadrinhos, e um levantamento histórico sobre tal período, além de apresentar possíveis respostas de como tal convergência é possível através de um diálogo entre autores, de como este campo de produção artística assimila e debate os processos de revoluções científicas atuais e anteriores, e entrega tal resultado ao público consumidor.

Palavras-chave: Metal Gear Solid. Narrativas em Arte Sequencial. Corrida Armamentista.

Recursos para apresentação: Data-show.


VALEU, LUCÃO! POR ESSA E POR OUTRAS QUE EU TE AMO, IRMÃO-LOBO!!!




Bis zu dem breaking fucking neuen Post!
 
*UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, que fica na cidade de Uberbaba, Minas Gerais. mais infos sobre a autarquia em http://www.uftm.edu.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!