quarta-feira, 27 de março de 2013

O ÚLTIMO NÃO-POEMA

Ouvindo: Bad Religion, True North, 2013

“I’m learning to live without you now
But I miss you sometimes
The more I know, the less I understand
All the things I thought I knew, I’m learning again”
– Don Henley, “The Heart Of The Matter”, The End of the Innocence, 1989

Hoje foi o ÚLTIMO dia da graduação de Licenciatura em Letras: Habilitação em Língua Alemã na Universidade Federal do Pará. E foi indolor. Não foi aquela coisa saudosa que todo mundo fala porque a turma da qual fiz parte ‘tá praticamente toda desfeita, cada um pro seu lado, ainda mais em época de TCC!
E agora... Agora acabou. ‘Tá certo que ainda tenho uma prova final de Psicolingüística (meu carma!), mas... De resto... Fim... Já era...  
O FIM DE UMA ERA. E ai quem diria que eu ia conseguir... 
Eu nunca duvidei...
Eu disse que ia chegar em tempo hábil e eis que aqui estou. Não preciso relatar histórias porque quem lê/acompanha esse blog já sabe de muitas das putarias que aconteceram comigo neste ínterim de universidade.
E eu devia ter mais coisas a dizer. Não, eu não tenho muita coisa além de “IMENSURAVELMENTE E VERDADEIRAMENTE GRATO!!!! VOCÊS FORAM E SÃO FODA!!!!!!” a todas as pessoas que me ajudaram a chegar até aqui, começando por meine Mutter e chegando até meus orientadores do TC’, que compraram minha briga de levar a discussão de Metal Gear Solid em HQ pra academia.

E... E é isso.
Por ora.

 
Preparando para um novo começo e para um novo capítulo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!