terça-feira, 10 de maio de 2016

“As ambições intelectuais de Clausewitz beiravam a megalomania. Tal como seu quase contemporâneo Marx, afirmava ter penetrado na realidade íntima e fundamental do fenômeno que tomara como seu objeto de estudo. Não se ocupava de conselhos: tratava do que insistia serem verdades inescapáveis.”
– John Keegan, Revolução Política e Mudança Militar. Tradução de Pedro Maia Soares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você está em solo sagrado!
Agora entalhe com vossas garras na Árvore dos Registros e mostre a todos que virão que você esteve aqui!!!